Definir Persona: por que é importante e como fazer!

Como definir persona? Você sabe o que é uma persona? Já ouviu falar? Se a sua resposta for não, saiba que está mais do que na hora de saber a resposta para essas perguntas. Ter uma persona bem definida ajuda o seu negócio a ter maiores lucros.

Esse é um dos passos mais importantes dentro do seu planejamento de marketing. Ter uma persona é essencial tanto para o marketing online quanto offline.

Criar conteúdo para suas redes sociais fica muito mais fácil quando você tem uma persona definida. O que, por sua vez, economiza tempo e ainda ajuda a conquistar novos clientes.

Veja abaixo o que é persona, por que ela é importante para o seu negócio e como criar uma para sua empresa. Confira!

O que é Persona?

A persona é uma representação do seu cliente, um tipo de personagem que mostra quem é o seu cliente ideal.

Mesmo sendo fictícia, ela é baseada em dados reais. Isso quer dizer que você deve buscar os dados dos seus clientes atuais e criar uma persona com base nisso.

Por exemplo, quem você atende mais, homens ou mulheres? Seu negócio é local ou você atende no Brasil todo ou até mesmo para outros países?

Se você tem uma loja de roupas femininas para adolescentes, por exemplo, a sua persona será mulher, que mora na mesma cidade que o seu negócio e tem entre 12 e 18 anos. Mas a persona vai além disso.

Ela é uma pessoa em si,com sentimentos, desejos e aspirações. Pegando esse exemplo que acabamos de dar, podemos dizer que a persona tem o desejo de estar sempre de acordo com a moda e que gosta muito de vestidos por causa do clima da cidade que é quente e por se achar mais feminina assim.

Viu? É bem simples! A persona é feita com base nos clientes que o seu negócio já atende ou pensa em atender.

Qual a diferença entre persona e público-alvo?

O termo público-alvo costuma ser mais conhecido. Até porque, só o nome em si, já demonstra o que quer dizer e para que é utilizado.

Por mais que sejam parecidos, persona e público-alvo não é a mesma coisa.

O público-alvo é mais genérico. Ele tem idade, mora em uma cidade, tem um gênero.

A persona vai além. Ou seja, além de todas essas características presentes no público-alvo, ela também tem as características emocionais do seu público-alvo como demos o exemplo no tópico anterior.

Por que definir persona para o seu negócio?

Você já sabe o que é persona, a diferença dela para o seu público-alvo, mas por que o seu negócio precisa de uma?

Vamos usar novamente o exemplo de uma loja de roupas para adolescentes.

A linguagem precisa ser adequada a esse público. Precisa ter gírias, entender sobre os principais acontecimentos nas redes sociais e tudo mais sobre o universo desse grupo.

Ter um persona vai facilitar esse diálogo e a comunicação entre a sua empresa e os consumidores é de grande relevância.

Um negócio como esse que não tem uma persona pode manter uma linguagem mais formal pensando nos pais. Afinal de contas, são eles quem compram. Mas, na realidade, são os adolescentes que escolhem. 

Esse erro de comunicação é uma das coisas que ter uma persona bem definida evita.

Como criar uma persona?

1. Use as informações que já conhece

Se você já tem clientes, então pode listar as principais características deles.

São mulheres ou homens? Qual a idade? Moram na mesma cidade que o meu negócio? Eles procuram a loja com qual objetivo? Quais os principais problemas enfrentados por eles?

Todas as informações que você já conhecer sobre os seus clientes atuais devem fazer parte da sua persona.

2. Monte um roteiro de perguntas

Esse é outro ponto importante, pois além de deixar o processo mais eficiente, evita que você acabe esquecendo de adicionar uma ou mais informações valiosas.

Para isso, tenha em mente, por exemplo, as perguntas mais básicas sobre dados pessoais. Se você for mandar um tipo de questionário para os clientes, pense em algo simples e rápido.

Por exemplo, você pode usar os formulários do Google que são gratuitos e criar um roteiro de perguntas com respostas objetivas. No máximo 10 perguntas para que os clientes respondam rapidamente.

Pense também em outras perguntas como:

  • Quais são as principais dificuldades dos clientes;
  • Qual o interesse que eles têm no seu produto;
  • Quem influencia as decisões deles;
  • Quais os tipos de informações eles mais consomem;
  • Qual o nível de instrução;
  • Quais os problemas mais comuns no dia a dia e assim por diante.

Lembre-se de que todas essas perguntas devem estar relacionadas com o seu nicho de atuação.

3. Se coloque no lugar da persona

Uma das melhores formas de definir persona é se colocando no lugar dela.

Pense em você quanto consumidor e não mais como empreendedor. Quais as principais dificuldades que encontra quando precisa de algum produto? O que costuma te deixar mais chateado e o que te encanta mais quando faz negócios com um estabelecimento.

Pensar se colocando do outro lado ajuda a ter mais clareza do que o seu cliente ou persona deseja.

4. Formalize essas informações

Você não coletou todas essas informações para deixá-las jogadas ao vento, não é mesmo?

Agora chegou o momento de colocar todas elas no papel, de montar um documento que represente a sua persona. Isso será bem útil, especialmente se você terceirizar o marketing da sua empresa ou então tiver outras pessoas trabalhando com você.

Nesse caso, existem duas opções: fazer tudo de forma manual por um editor de texto colocando todas as perguntas e respostas mais escolhidas ou usar uma ferramenta de criação de persona.

Existem duas boas opções no mercado totalmente gratuitas: da Maikon e da Rock Content em parceria com a RD. Você só vai precisar preencher as respostas e pode fazer isso com base nas informações que já foram separadas no início do processo.

Definir persona pode não ser um processo simples, mas não é difícil e precisa ser feito. Ter uma bem estruturada pode fazer toda a diferença no sucesso do seu negócio. Portanto, mãos à obra.

Quer mais dicas de marketing digital para o seu empreendimento? Então, siga a gente nas redes sociais: Facebook e Instagram!

Deixe uma resposta